Fale Conosco pelo WhatsApp
Sacola de Compras

* Calcule seu frete na página de finalização.

* Insira seu cupom de desconto na página de finalização.

Para compreendermos o impacto da creatina no aumento muscular é necessário entender primeiro o que é a creatina...
Apisnutri
Product ID: 253
Product SKU: 253
New In stock />
Creatina Monohidratada Pura 200g

Creatina Monohidratada Pura 200g

Destaque
Marca: Apisnutri
Ref: 0253
Garantia: 7 dias após o recebimento do produto
Disponibilidade: Imediata
 
Simulador de Frete
- Calcular frete

O QUE É A CREATINA MONOHIDRATADA 200g?

 

A Creatina é a combinação de três importantes aminoácidos: arginina, glicina e metionina; combinação que pode ser feita naturalmente pelo organismo para constituir o tecido muscular ou podendo ser adquirida nesse formato também através de alimentos de origem animal, como carnes e peixes.

 

É interessante enfatizar que os aminoácidossão as pequenas partículas que se unem para formar as proteínas (macronutriente com inúmeras funções fisiológicas e principal componente dos músculos esqueléticos), normalmente possui função estrutural de tecidos e função regulatória de reações metabólicas, contudo, se tratando dos aminoácidos que formam a creatina a função principal passa a ser de reserva energética para a musculatura (cerca de 95% da creatina no organismo se armazena nos músculos).

 

Assim, pensando nos seus benefícios para atletas amadores ou profissionais, singularmente para exercícios físicos de alta intensidade em curto período de tempo, a Creatina Monohidratada 200g foi previamente desenvolvida com formulação em pó compostas de creatina 100% pura, em sua forma mais natural possível (monohidratada), considerada a mais eficiente em termos nutricionais e muito requerida em pesquisas do ramo da saúde, de fácil acessibilidade para propor seu consumo durante a rotina do dia-a-dia e com toda comodidade de acordo com suas necessidades de praticantes de atividades físicas que desejam a longevidade no esporte.

 

PARA QUÊ SERVE A CREATINA MONOHIDRATADA 200g?

 

Trata-se de um suplemento nutricional ideal para os praticantes de atividades físicas de alta intensidade, onde o uso da Creatina Monohidratada 200g entra como recurso ergogênico (termo referente à todo equipamento, alimento ou substância ativa capaz de interferir positivamente nos resultados de esforço físico aplicado por atletas), uma vez que quando combinados à alimentação adequada e rotina de treino em dia, a utilização de Creatina Monohidratada 200g aumenta sua reserva muscular, visando que ao estímulo do exercício intenso a creatina é recrutada primordialmente como substrato de fornecimento energético, poupando a utilização de outros componentes musculares importantes para promover a contração da musculatura, resultando na força e recuperação mais rápida durante o treino, e ainda disponibilizando a regeneração das fibras musculares lesionadas no período o descanso (o que diminui o desgaste físico que levaria as dores musculares), portanto, colaborando para não perder volume muscular, melhorar rendimento e resultado no treino e potencializar o desenvolvimento das fibras musculares que levam ao tão desejado ganho de massa muscular (hipertrofia).

 

Assim, a ingestão da Creatina Monohidratada 200g torna-se parceria crucial na evolução do porte físico atlético, já que pela alimentação comum de brasileiros estima-se que se atinja cerca de apenas 1g por dia, muito inferior do que normalmente é recomendado à atletas (que em média necessitam de cerca de 20g por dia).

 

Confira também os Kits My Ikigai para Hipertrofia: Alpha e Beta, ideal aos que buscam um corpo atlético preparado para vencer os desafios diários.

 

QUAIS OS BENEFÍCIOS DA CREATINA MONOHIDRATADA 200g À SAÚDE?

 

Como propriedade base desse composto de aminoácidos fundamentais para o fornecimento energético durante os períodos de exercícios físicos mais desgastantes, a creatina se concentra na musculatura sob forma livre e fosforilada, dessa forma, serve exclusivamente como fornecedora de fosfato, cujo é um substância insubstituível no processo de formação de ATP.

 

Por sua vez, o ATP (adenosina trifosfato, isto é, constituído de três moléculas de fosfato) refere-se ao produto final dos processos de formação de energia (como a respiração aeróbica e anaeróbica), considerado a “moeda de troca” energética, pois a liberação de energia ocorre somente durante formação do ATP, fazendo das reações bioquímicas dependentes da sua presença.

 

Nesse sentido, a creatina fosforilada ao fornecer os fosfatos presentes nos seu composto de aminoácidos garante a formação de ATP que libera enfim a energia para as reações de contração muscular, visto isso, quanto mais creatina possível ser armazenada nos músculos, mais fosfato disponível para formar ATP e, consequentemente, conforme o exercício físico recruta a necessidade de contração rápida, mais formação de ATP para a liberação de energia ocorre.

 

Logo, torna-se possível compreender que o aumento da reserva de creatina muscular contribui diretamente para poupar a utilização de outras reservas energéticas do músculo, como o glicogênio muscular (reserva de glicose, a qual é outro substrato para formação de ATP), que sendo poupado contribui para preencher as fibras musculares, resultando no maior volume de massa magra (aumento de tamanho percebido visualmente), algo muito requisitado não só pela estética, mas também para mais reservas de energia como preparação estratégica de modalidades desportivas que requerem resistência prolongada.

 

Atenção, deve-se levar em consideração que nem sempre o requerimento de energia para as funções musculares advém da creatina, esse processo ocorre quando envolvidos atividades físicas de alto esforço em curto tempo (os conhecidos exercícios de “explosão”) onde o requerimento de ATP é significativamente acentuado, agindo então como mecanismo de mais rápido fornecimento de energia local da musculatura e recuperação pós movimento. Para a real afirmação da necessidade da suplementação de creatina, seu uso deve ser sob orientação de um médico ou nutricionista esportivo.


 

SUGESTÕES DE USO

 

Ingerir uma dose (3g = 1 colher de sobremesa rasa) diluída em 200 ml de água ou bebida de preferência (sugere-se sucos de frutas) cerca de 30 minutos antes do treino intensivo ou conforme a orientação nutricional.


 

RESTRIÇÕES

 

O uso irregular com doses excessivas sem acompanhamento de um profissional da área, pode causar efeitos colaterais, entre eles: náusea, diarréia, desconforto estomacal, ansiedade, arritmias cardíacas, cãibras, vômitos e tromboses.

 

A Creatina possui efeito de retenção de líquidos, resultando no acúmulo considerável de água dentro das células, podendo então facilmente sobrecarregar o fígado e os rins e por tal motivo é contraindicada para portadores de doenças hepáticas e renais.

 

Embora os efeitos do uso prolongado de creatina ainda sejam desconhecidos, seu uso é contraindicado também para gestantes, nutrizes, menores de 18 anos, idosos e portadores de enfermidades, podendo consumir este produto somente sob orientação de um nutricionista ou médico.

 

O Ministério da Saúde adverte: Não existem evidências científicas comprovadas de que este alimento previna, trate ou cure doenças.


 

NÃO CONTÉM GLÚTEN.

 

 

 

Deixe seu comentário e sua avaliação







- Máximo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avaliação:
Enviar
Faça seu login e comente.

Características